Sabia que Rio Preto tem uma ilha?
(017) 99621-4648

Sabia que Rio Preto tem uma ilha?

Rio Preto tem suas raízes fincadas no sertão do promissor Estado de São Paulo, distante da grandiosidade do mar, sem praia em seus domínios. Tem, porém, sua ilha. Sim, ela existe e fica na Represa Municipal, o principal cartão postal.

A ilha, com árvores leguminosas e vegetação, é cercada por água calma. Praticamente inalcançável para os frequentadores comuns. Sua função é nobre: servir como ‘hotel’ para milhares de pássaros, residentes ou visitantes contumazes, que enriquecem a fauna.

As espécies que frequentam a represa são originárias de várias partes do Brasil e até mesmo do mundo. Elas migram para a região Noroeste paulista em busca de alimento. Todo fim de tarde promovem um belo espetáculo no céu.

Como os recursos alimentadores já são escassos, as aves partem cedinho, de forma organizada e em grupos, para matas e propriedades rurais. Durante o dia, voam para distâncias de até 50 quilômetros em busca de pastagens. No final da tarde, retornam em bandos.

As garças boiadeiras são maioria. O bando tem cinco mil. São originárias da África, mas estão no Brasil desde 1964. Permanecem quase o ano todo. Ausentam-se só entre junho e agosto, normalmente o período mais seco. Vão se reproduzir no Pantanal. Depois, voltam com os filhotes.

Em nome da sobrevivência, criaram uma tática infalível: ficam perto dos bois. Quando os animais se locomovem, por consequência movimentam os insetos de toda ordem que estão no chão. Pronto. A captura fica, assim, mais fácil para as garças.

A ilha se formou graças ao acúmulo de terra. Nesse quesito, não houve poesia. Mas se tornou morada das aves provavelmente porque é isolada, protegida, quase inacessível para o ser humano e outros predadores. Não há inimigo por perto. 

A Represa Municipal foi construída em 1956, reformada na década de 1980 e revitalizada depois com projeto paisagístico. É formada por três lagos. Tem pista de caminhada, ciclovia, área para prática esportiva, muito verde e quiosques. 

Mais de cem espécies de animais são encontradas, entre aves, anuros e mamíferos. As capivaras são referência e se destacam. Natureza e urbano estão integrados e dialogam sem maiores complicações. A ilha segue como paraíso exclusivo das aves.





Categoria: VOCÊ SABIA?

Criado em: 04/04/17 18:04:48

Sobre Autor

Raul Marques atua na imprensa de São José do Rio Preto (SP). Desempenhou as funções de produtor, repórter, chefe de reportagem, repórter-especial e editor. Trabalhou durante 12 anos no jornal Diário da Região, onde atuou na cobertura da Guerra Civil no Haiti e produziu importantes reportagens e séries especiais sobre história, comunidade, trânsito, turismo, meio ambiente e saúde. Tem dois livros publicados.