Cinco museus para conhecer na região
(017) 99621-4648

Cinco museus para conhecer na região

Os museus oferecem a rara oportunidade de unir passeio, cultura e conhecimento. Para visitar um lugar assim, nem é preciso viajar para São Paulo, a Meca brasileira das artes. A região de Rio Preto abriga pelo menos 30 unidades, com vasta gama de opções. 

No Noroeste paulista, é possível conhecer, a partir do acervo disponibilizado, mais sobre questões intimamente ligadas à cultura local, como vida rural, trabalho do peão boiadeiro, folclore e história de fundação e desenvolvimento das principais cidades. Mas não é só isso.

Há instituições que rememoram a Revolução Constitucionalista de 32, guerras, conflitos mundiais, carnavais, imagem e som. O que não faltam são possibilidades, que podem preencher de forma especial a rotina de estudantes que estão em férias. 

Revolução de 32
Nome – Museu Constitucionalista Tenente Antônio dos Santos Galante
Endereço – Avenida dos Estudantes, 1980, Boa Vista
Cidade – Rio Preto
Atrações - Armas, objetos usados durante a campanha, documentos históricos e uma réplica de fardamento
Por que conhecer? - É a chance de saber mais detalhes de uma das passagens mais marcantes da história do Estado de São Paulo e também do Brasil
História – Foi inaugurado em maio de 2013 para homenagear a memória dos combatentes da Revolução Constitucionalista de 1932. Tem mais de 400 itens
Quando – Segunda a sexta, das 9h às 18h

Peão boiadeiro
Nome – Museu Histórico e Folclórico do Peão Boiadeiro
Endereço – Rodovia Brigadeiro Faria Lima, 428
Cidade – Barretos
Atrações - ‘Tralhas’ usadas por peões, fotos, viola de Tião Carreiro e imagem de Nossa Senhora Aparecida abençoada pelo papa Bento 16, além do mausoléu do Boi Bandido
Por que conhecer? - Para saber sobre como era a vida dos peões que tocavam boiadas pelo Brasil, além da história da tradicional festa do Peão de Barretos e do próprio rodeio
História – Inaugurado em outubro de 2005, o museu é visitado o ano inteiro por apaixonados pela cultura caipira
Quando – Terça a domingo, das 9h às 18h

Arqueologia
Nome - Museu Água Vermelha
Endereço – Avenida Bandeirantes, 2.090, bairro Faria 1
Cidade – Ouroeste
Atrações – Fósseis, cerâmica, ossada humana e cabanas que pertenceram a povos indígenas da região
Por que conhecer? – Tem 12,5 mil peças, entre as quais algumas com nove mil anos
Quando – Terça a sexta, das 9h às 13h, e domingo, das 13h às 18h

Modo de vida regional
Nome - Museu Municipal Jezualdo D’Oliveira
Endereço - Rua Rui Barbosa, 2.170, Centro
Cidade – Mirassol
Atrações - Animais taxidermizados, fotografias, equipamentos rurais e documentos
Por que conhecer? – Os sete mil itens oferecem viagem na história do modo de vida regional a partir do século 19
História – Foi criado em 1945 por Jezualdo D’Oliveira, que era funcionário público. Neste ano, comemora-se o centenário de nascimento do patrono e 70 anos de criação do museu
Quando – Segunda a sexta, das 8h às 17h. Abre no primeiro e no segundo sábado do mês, das 9h às 12h

História do carnaval
Nome – Museu do Carnaval
Endereço – Rua Antônio Palmieri, 2, São Miguel
Cidade – Uchoa
Atrações - Fantasias, peças usadas para enfeitar carros alegóricos e objetos que remetem ao carnaval
Por que conhecer? - Para ter contato com objetos utilizados por escolas de samba do Rio e São Paulo, como Mangueira, Salgueiro, Imperatriz Leopoldinense e Rosas de Ouro
História – Foi criado em 2013 pelo farmacêutico Carolino Camillo Neto. Tem dois mil itens no acervo
Quando – Segunda a sexta, das 7h30 às 11h e das 13h às 17h


Categoria: GIRO REGIONAL

Criado em: 05/05/17 17:05:46

Sobre Autor

Raul Marques atua na imprensa de São José do Rio Preto (SP). Desempenhou as funções de produtor, repórter, chefe de reportagem, repórter-especial e editor. Trabalhou durante 12 anos no jornal Diário da Região, onde atuou na cobertura da Guerra Civil no Haiti e produziu importantes reportagens e séries especiais sobre história, comunidade, trânsito, turismo, meio ambiente e saúde. Tem dois livros publicados.